terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Estado



De mãos na cabeça, é assim mesmo que me encontro. De mãos na cabeça...
Cansado de dar o meu melhor e no fim o meu trabalho não é valorizado e, muito menos, recompensado. Horas e horas dedicadas a trabalhar para no fim ficar numa incerteza constante e permanente...
Desapontado comigo mesmo! O que é certo é que dei o meu melhor, mas nem tudo correu bem... Não percebo porquê, sou sincero... Farto que me tentem tapar os olhos e me encarem como um puto que nada sabe...
Confiante que bem lá no fim da caminhada possa vir a obter o resultado de tanto esforço e trabalho! ;)


Até lá... work, work and work...

1 comentário:

silvia disse...

É sempre assim, mas deixa lá. é a vidinha