sábado, 14 de março de 2009

Limites...

Quando a obsessão se torna num ápice de loucura, em que o desejo se perde em vontades loucas de sentimentos perdidos já estaremos num patamar superior onde todos os limites foram postos à prova, onde eu e tu nos perdemos em rasgos confusos de ternura e paixão.
Quando te sentires perdido em lágrimas escondidas e pensares que nada faz sentido ultrapassa essas metas e dança ao som de toques míticos envoltos em gestos delicados, em melodias fascinantes que te façam levitar, que te façam flutuar para um outro mundo, uma outra esfera...
Vem dançar comigo, percamos esse preconceito que timidamente nos afasta, não deixemos que tal obsessão impeça nossos seres se afastarem, saltemos limites para no fim... no fim... ficarmos assim!


3 comentários:

disse...

Adoro a música :)

bj***

Daniel Silva disse...

Hugo: beijo-te! Não me deixas alternativa. L I N D O

Do You Believe in Angels ? disse...

ADORO