sexta-feira, 22 de maio de 2009

Momentos


Passamos pelos factos sem os ver,

Usados, podres, como seres envelhecidos: se alguém nos chama não respondemos,

Se alguém nos pede amor não estremecemos,

Como pedaços rasgados sem cor,

vão-se perdendo em momentos frustrados, momentos de horror.

Hoje colhi todas as flores do jardim e cheguei junto a ti de mãos vazias.

7 comentários:

Paulo - Intemporal disse...

sublime e único este momento aqui.

provavelmente e para mim o melhor momento desde que te leio.

avidamente.

p.a.r.a.b.é.n.s.

grat.íssimo por este momento sublime.

abraço-TE por um momento...

:)

um bom fim de semana.

João disse...

merecem tanto e recebem sempre tão pouco. Um post muito bonito. *

Juky disse...

Muitas vezes só damos valor às coisas quando as perdemos... o mesmo pode acontecer com os momentos...

alma disse...

se colhemos flores porque chegamos de mãos vazias?

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

A Amizade é...
O mais nobre dos sentimentos,
Cresce à sombra do desinteresse,
Nutre-se brindando-se e floresce
a cada dia com a compreensão.

Seu lugar está junto ao amor
Porque ela é também amor.
Somente os honestos podem
ter amigos, porque à amizade,
o mais leve dos cálculos a fere.

Como é um bem reservado aos
eleitos, é o sentimento mais
incompreendido e o pior interpretado.
Não admite sombras nem fingimentos,
rusticidade nem renúncias.

Exige no entanto sacrifício e coragem,
compreensão e verdade,
VERDADE! acima de todas as coisas.

Com as pequenas coisas
do dia a dia
cresce nossa amizade.
Desejo que sempre seja assim.

(Desconhecido)


Te desejo um final de semana com muitos amigos,amor e paz
Abraços do amigo Eduardo Poisl

JotaSP disse...

Muitooooooooooooooooooooo bonito este pedaço de vida

aqui

assim filtrado__________________


Este abraço «««

[ rod ] disse...

Os fatos são meros atos a nos perseguir. Sem vê-los como deveria... somos uns fracos.

Abçs meu caro,





Novo dogMa:
sAnto...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/